and the Oscar goes to...

Esta é a célebre frase da premiação mais respeitada do planeta para as artes cinematográficas.  Quem nunca sonhou em um dia ver seu nome depois dessa frase? Bom, se isso realmente já foi um sonho, creio que o sonho da Universal está prestes a se realizar.
Não estou falando da famosa Universal Pictures que após anos vem nos abrilhantando com suas produções fantásticas no cinema. Me refiro a ela, a pupila dos olhos de Macedo, o Banco Central do Gospel Brasileiro  e Centro das idéias mais inovadoras: A Igreja Universal do Reino de Deus, que afinal de contas nem é tão Universal assim. Deveria ser chamada de Internacional no máximo (Whoops! Esse nome já é do R.R. Soares... que por sinal, se fosse Bom seria chamado de B.B. Soares...)
Mas o centro de nosso post é na assustadora e cômica grande e estupenda capacidade que a  querida denominação em questão tem de inovar em suas campanhas religiosas, usando dos mais diversos artifícios como recurso para atrair milhares de fiéis ao engano  seu aprisco... (falei bonitO... XD)

A mais conhecida de todas é a “Sessão do Descarrego” que tem levado milhares a lotarem os templos para se ‘descarregarem’ de tudo – no caso da universal, descarregar até a conta bancária. Por que será que tantos ‘crentes’ buscam este culto, sabendo que Jesus disse que precisava apenas que lançássemos nosso fardo sobre ele, e ele levaria por nós?
O que dizer ainda, da famosa “Fogueira Santa do Monte Sinai”? Artifício que sem dúvida fiquei curioso pra saber onde arranjaram o foguinho sagrado... Acho que a tal sarça que  Moisés  viu, num se apagou ainda já que a Igreja do Macedo conseguiu ir lá pegar uma brasinha e espalhar por todas as suas filiais. Ou talvez seria uma nova Festa Junina Santa com uma fogueira pra lá de abençoada...
Ainda teve a história do sal, que era usado em todas as igrejas para afastar o mau olhado, a inveja e outros maus elementos da esfera espiritual aham Cláudia, senta lá!. Com um enorme sucesso, o precioso tempero arrastou multidões para os templos afim de garantir o seu punhadinho. Acredito que o pessoal da Rocinha deve ter ido em algum templo, confundindo o Santo Sal com outro pozinho tão requisitado...
Pra piorar, alguns templos lançaram mão de campanhas isoladas, como o “Desencapetamento Total”. Fiquei pensando, já que este era TOTAL, então os outros realizados anteriormente por tais templos seriam “parciais” ou “em 12 parcelas, sem entrada e sem juros”... Se bem que se fosse sem juros, o Macedo não iria gostar muito... Não daria lucro...
A quem estamos buscando irmãos? A campanhas revolucionárias ou a Jesus, que nos prometeu tudo de forma tão simples, bastando que buscássemos a Ele?
A Palavra de Deus Diz:

“...haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos” (2 Timóteo 4.3)

Vamos abandonar práticas que não condizem em nada com a palavra de Deus e nos levam ao engano e ao pecado. Vamos nos tornar criativos, baseados naquilo em que Deus nos ensinou para que ganhemos o “Oscar celestial” que é a Coroa da Vida !

Deus te abençoe!

p.s.: Confesso que o “Oscar celestial” ficou muito ao estilo Macedo... tahpareý!

1 comentários:

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites